8 de fevereiro de 2012

Cabeça no ar

Desde sempre perdi coisas que gostava ou precisava e em todas elas senti que estavam a tirar algum pedacinho de mim.
Na preparatória perdi um relógio que me ofereceram na comunhão!
No secundário perdi o passe do autocarro, acabadinho de comprar!
Nas primeiras férias com o namorado perdi uns óculos de sol forretas (que acabei por encontrar no final das férias dentro da mala de viagem)!
Logo após casar perdi uns óculos de sol graduados (que descobri após as mudanças de casa, mas que também já não serviam para nada)!
Ontem, perdi uma coisa preciosa e valiosa! O meu anel de noivado! Fiquei no vazio! Sem sentir nada! Nem pena, nem tristeza, isso veio horas mais tarde! Vasculhei por todo o lado e nem uma pedrinha a reluzir. Mas ainda estou na esperança de o encontrar quando fizer uma limpeza à casa! Fiquem a torcer por mim, pois aquele anel é mesmo muito muito muito especial, por tudo e mais alguma coisa!

No dia em que o recebi!

2 comentários:

  1. Oh Supimpona! Que pena... tens que organizar o "Movimento Cúmbiba" para ir aí a casa vasculhar todos os cantos! Tenho a certeza que vai aparecer!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ele vai aparecer!! :) beijinho **

    ResponderEliminar