20 de março de 2012

Na estrada

Agora que me desloco maioritariamente de carro, vou encontrando cada cromo que às vezes até dá vontade de rir (quando estou bem disposta, porque se estiver de mau humor só me dá vontade de buzinar). Uma vez por outra vou encontrando pessoas mais velhinhas a conduzir. Devagar, devagarinho! No meio da estrada de duas faixas! Sem dar piscas! Agora já me consigo conter mais. Penso que mais vale encontrar pessoas de idade a circularem devagar e com calma, do que jovens nervosos e inconscientes que só fazem disparates e colocam em perigo a vida das outras pessoas.
Mas hoje de manhã foi bem diferente. Tinha uma avózinha alucinada mesmo atrás de mim! É que eu se eu já vinha apressada para não me atrasar, ela devia ter-se esquecido da placa em casa para ir tomar o pequeno-almoço com as amigas. Veio coladinha à minha traseira. Qual 'tunning', qual quê! Agarrada ao volante como se o fosse perder a qualquer momento, talvez a cerca de meio metro do vidro frontal, lá ia ela de pé no acelerador! Que senhora tão cool....ou perigosa!

Sem comentários:

Enviar um comentário