23 de janeiro de 2013

Dias maus

Não bastou ontem terminar o treino mais cedo devido ao cansaço, e hoje de manhã irritam-me logo pela fresca! Começa tudo muito bem quando me sento na confeitaria para tomar o pequeno-almoço (coisa rara na minha rotina) e demoram eternidades a atenderem. Depois ainda tenho que levar com uma queque espertalhona que passa à frente da fila para pagar (consciente do que estava a fazer). Lá tive eu que sussurrar um "que grande lata" e ver as pessoas a olhar para trás sem perceber se foi alguém que falou ou se foi a máquina do café que fez barulho. Entretanto começa a chover. Quando entro no estacionamento vem um gajo em contra mão e, cheio de razão (ou pensava ele), começa a esbracejar para eu sair da frente! Eu não saí! Daqui eu não saio, daqui ninguém me tira. Mas depois olhei para as horas e, como estava atrasada, lá fiz marcha atrás. O tipo ainda teve direito a uma buzinadela (minha e do carro que estava atrás de mim).
Resta-me o sorriso do Baby Boy logo ao acordar (e que cedo que agora ele acorda - 6h30) que me faz rapidamente esquecer estas coisas menos boas!

2 comentários:

  1. Há dias complicados.... mas amanhã será um novo dia...

    ResponderEliminar
  2. que chato! Há dias assim!

    ResponderEliminar