16 de janeiro de 2013

O parque

Já com os 7 meses no bolso, o Baby Boy já se senta como um homenzinho! É mais difícil deixá-lo "por uns instantes" aqui ou acolá!
Eis que vem em nossa salvação o parque que era da priminha. Maravilha! Ele fica ali a brincar e a palrar e eu posso ir fazendo algumas coisas por casa. Claro que chama sempre alguém para perto dele, que não gosta de estar nas suas brincadeiras sozinho! E lá vou eu dizer olá e fazer figurinhas.
Hoje, enquanto ele se entretia a morder tudo o que lhe aparecia, eu consegui adiantar algumas coisas e ainda passar uns bons minutos no sofá a ver tv. Fim de tarde santo!
O único senão do parque é que as cores não combinam nada com a remodelação que quero fazer. Mas em relação às vantagens, ganha 10-4. Que se lixe se não é cor salmão!
 
 

3 comentários:

  1. Para mim o parque foi indispensável...acho que até para eles é bom, para aprenderem a brincar sozinhos, usei até muito tarde. Mesmo depois dela andar de vez em quando ainda a colocava no parque para ela não andar a fazer asneiras ;)

    ResponderEliminar
  2. Nunca pensei comprar um parque confesso. O principe D. apenas tem 2 meses, talvez mude de ideias com esta tua descrição de minutos de pausa para nós mamãs!! :))

    ResponderEliminar
  3. oh que fofura! Sinceramente não vejo hora de ter uma vida estabilizada para poder ter um rebento!

    ResponderEliminar