20 de fevereiro de 2013

Acho que tenho um pequeno terrorista lá em casa

O Baby Boy é super fofo. Come muito bem. Ri às gargalhadas. Está sempre alegre. Adora passear. Vibra com tudo o que é música. Está a ficar viciado em televisão. Gosta de estar rodeado de muita gente divertida. Quando não lhe interessa ignora as pessoas. Se pedirmos para vir ao nosso colo ele atira-se logo. É a delícia da família e arredores.
Mas de noite, está a ficar com o péssimo hábito de não gostar de ficar na cama dele por muito tempo e reclamar a ida para a cama dos pais. E logo eu que fiquei babada porque aos 2 meses ele já dormia a noite toda no quarto dele.
Não estou conformada. Quero inverter a situação. Penso em mil e uma coisas que o poderão estar a deixar assim chorão de noite. Dentes? Sestas curtas? Muita agitação à hora de jantar? Toca a arranjar uma rotina digna de um bébé para ele voltar a dormir descansadamente no seu quarto. E já agora os papás terem uma noite de descanso! Mas depois tenho o meu pai a dizer-me que eu também dormia com a minha mãe (ainda ela era solteira). E que é uma fase. O que interessa é o amor que se dá. E sendo assim, eu até sou uma pessoa normal, sem traumas e com uma infância feliz.
Rapidamente fico conformada. Ele é saudável, social, alegre e come muito bem. Vou tomar isto como uma fase e esperar que passe rápido! Muito rápido! Até porque ele fica um amor deitado na sua caminha!

6 comentários:

  1. Que lindoooo!!!
    Isso pode der só uma fase. Ás vezes apanham as manhas e não querem outra coisa, mas o que importa é que eles estejam bem. beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Coisa mais fofa este meu sobrinho! Aposto que se porta como um anjinho, tu é que inventas essas coisas más sobre ele!... :p

    ResponderEliminar
  3. É mesmo cutxi-cutxi!!! Lindo!

    ResponderEliminar