21 de março de 2013

Os meus leopardos

Finalmente calcei os sapatos que já comprei há mais de um mês. Isto não é coisa minha, que gosto de mostrar logo aquilo que vou comprando. Hoje pareceu-me um bom dia. Não chove, está sol...e também está um vento desgraçado!
São razoavelmente confortáveis, uma vez que ali o dedo mindinho não está a achar grande piada. Mas em algum calçado é mesmo assim, o meu pé maroto queixa-se sempre nos primeiros passos.
Gostei de os ver num look quase total black, mas estou pronta para os combinar com outras coisas! Já estou a imaginá-los com outra peças.

Sapatos Stradivarius
Vestido Zara

20 de março de 2013

Tudo a postos para a Primavera?!

A chegada da Primavera presenteou-nos com sol. Muito sol. Mas o frio continua e parece que daqui a nada vamos ter dias seguidos de chuva. Parece que vai ser difícil começar a entrar em espírito primaveril, mas eu não vejo a hora de isso acontecer.
Em casa já há flores frescas e coloridas (presente do maridão, lembram-se?!). E ressuscitei uma camisa às flores que adoro e já não a vestia há algum tempo. Nada melhor que uma camisola quente por cima, pois ao sol está bem quentinho, mas à sombra nem por isso.


Camisola Sfera
Camisa Zara
Mala Accessorize

19 de março de 2013

Feliz Dia do Pai

Aqui está a "marca" do Baby Boy que foi impressa numa t-shirt para o papá. Gosto muito das t-shirts que algumas marcas fazem para este dia, mas achei que uma mais personalizada ficaria melhor. E mais barata, diga-se de passagem!
As tintas comprei na Imaginarium e o processo de "carimbo" posso dizer-vos que não foi muito fácil. Primeiro o Baby Boy achou um piadão às cores, mas na hora de colocar a mão........não queria! Depois de algum choro de teimosia, lá se conseguiu o mais difícil! E ficou muito engraçado!
Feliz Dia do Pai para o maridão.




E claro que não me podia esquecer do meu paizão, que é leitor assíduo do blogue!
FELIZ DIA DO PAI! A tua prenda é só mais logo.


Assim se passou mais um aniversário

Acordar e dar muitos beijinhos ao Baby Boy.
Receber beijinhos do maridão.
Trabalhar.
Atender telefonemas da família e dos amigos.
Almoçar com o maridão.
Comer chocolates que a F. ofereceu.
Fazer like nos comentários deixados no Facebook.
Ir buscar o Baby Boy e passar o resto da tarde com ele.
Ver os aviões e os pius pius.
Dar muitos beijinhos ao Baby Boy.
Receber muitos beijinhos e sorrisos do Baby Boy.
Decorar o meu bolo de aniversário.
Receber um enorme e colorido ramo de flores do maridão.
Receber um mini ramo de flores do Baby Boy.
Jantar em família.
Receber mensagens de números que não tenho gravados no telemóvel.
Soprar muitas velas.
Ficar um pouco desiludida com o bolo que eu inventei (chocolate, café, natas e morangos).
Rir em família.
Receber prendinhas.
Ir à farmácia comprar leite para o Baby Boy.
Brincadeiras a três (cucu, onde está?).
Ver o Baby Boy adormecer assim que o pai o pega ao colo para o deitar.
Dar um beijinho de boa noite ao Baby Boy.
Receber mais telefonemas e mensagens.
Finalmente eu e o maridão deitamo-nos e aterramos quase instantaneamente!
Foi um dia normal (ou quase) e muito feliz!
Obrigada a todos.



18 de março de 2013

Ser mãe também é...

...sentar-me ao computador para mais um dia de trabalho e reparar que tenho um bocado de iogurte do Baby Boy nas minhas calças pretas!!!!!!!

Party looks

Este fim de semana o Baby Boy teve a primeira festa de aniversário de um amiguinho. Foi muito engraçado vê-lo interagir com as outras crianças, apesar de uns meses mais velhas. Muito social o meu filho! Estava apreensiva para ver a reacção dele com outras crianças e fiquei muito orgulhosa! A festa também estava muito engraçada, com o tema "Animais da Selva".
Para o Baby Boy escolhi uns calções que encontrei por acaso numa ida ao Outlet de Mindelo e depois completei com uma camisa e um casaquinho.
Para mim, claro que tive que vestir outra vez os calções super confortáveis da Lanidor. Usei umas sabrinas para ser mais prático, mas depois para o aniversário que tive a seguir de gente graúda já usei umas botas. Chuva e frio à noite não era tempo para andar de sabrina!
Foi um sábado sempre em festa e muito agradável. No Domingo esperava-me o último jogo da primeira fase do campeonato (da 1ª divisão nacional, claro está!) e um fim de tarde em casa, a confeccionar o meu bolo de aniversário!

Confecionado por Sabores da Gula

Casaco Sfera
Camisa Zara
Calções Lanidor
Sabrinas Zara

E há muito tempo que não usava acessórios. Aqui estão eles.
Relógio Swatch
Pulseira e contas Pandora
Pulseira Coliseu de Roma


Calções Lefties
Casaco Benetton
Camisa Knot
Meias Zippy


15 de março de 2013

Mais um ano a juntar à conta

O que é que se passa comigo?! Ando sempre louca com a chegada do meu dia de anos e a 3 dias de isto acontecer ainda estou em modo zen. Parece que não é nada comigo! Será a maternidade que me está a fazer estas coisas?! Já me perguntaram pela lista de prendas. Mas eu não consigo pensar em nada. Só naquilo que me está a acabar e eu tenho urgentemente que ir comprar: manteiga de manga (Body Shop), esfoliante de açucar mascavado (Rituals), base even better (Clinique, n.º3), rímel high lashes (Clinique), corrector de olheiras (MAC), sombras em tons nude.......(pronto, para quem pediu cá está ela, assim como quem não quer a coisa).
Mas voltando ao assunto principal, o meu aniversário, eu nem sei se me apetece festejar. Estou assim meio para o perdida! Isto é mesmo muito estranho em mim.
Fazer outra festa com mais de 30 pessoas em casa está fora de questão (ainda para mais quando no fim de semana tenho um torneio que me vai ocupar todos os minutinhos).
Não estou com pachorra para combinar um jantar num restaurante. Ter que enviar mensagens a toda a gente. Esperar que pelo menos metade responda e que mais uns quantos desmarquem à última hora. Escolher o restaurante e tentar agradar a todos.
Ainda pensei num piquenique no Parque da Cidade, mas com este frio e com o teimoso do torneio parece-me um bocado arriscado.
Estou sem ideias, sem vontades e nem o facto de ir receber prendas me ajuda a ficar mais animada! Isto vai ser sempre assim a partir agora?! Não quero. Não gosto.
Vou esperar que o fim de semana me anime e me dê uma ideia brilhante e divertida. Quanto mais não seja para passar o dia a três (ou melhor, o final de tarde / noite) da melhor forma. É que com esta preguicite ninguém me aguenta!

Aqui vai qualquer coisinha para ver se me inspiro!!!!!!!!!

Imagem retirada do blog Achados de Decoração

14 de março de 2013

As tralhas do miúdo

Se há coisa que sempre me fez confusão é ver a confusão das tralhas das crianças. Não sei se é por ter como exemplo a minha sobrinha que tem caixas e caixas de brinquedos que nem a própria se lembra que existem! Principalmente na sala. E logo eu que gosto de ver tudo arrumadinho. Não sei se é por esta minha paranóia que não invisto muito em brinquedos para o Baby Boy. Acho que fico com pavor de entrar em casa e não ver nada a não ser coisas coloridas que falam e dão música. Aliás, acho que tudo o que ele tem foi oferecido ou vem da prima. Eu sei que isto é por pouco tempo e que quando o Baby andar e começar a espalhar e esconder tudo por quanto é canto e recanto eu vou panicar muito mais. Mas para já a coisa até tem estado bem organizada.
O parque emprestado estava-me a fazer um bocado de confusão. O Baby Boy ainda não gatinha nem anda e sentia-se muito preso ali dentro. Ainda por cima é daqueles parques que nas laterais é ligeiramente côncavo para dentro! Estava na sala a ocupar espaço e a estragar a pouca decoração que temos. Parque arrumado na garagem! O Baby Boy fica no tapete fofinho e brinca lá com as suas pequenas tralhas. Mas agora vem a questão: e onde guardo as tralhas que estão na sala? Chegar a casa e ver bonecos espalhados pelo tapete é coisa que também não me assiste. É por isto mesmo que fui ao IKEA atrás de uma solução. E a solução foi simples. Caixas de decoração. E quando o Baby Boy quer brincar....tcharan...as caixas mágicas abrem e ele pode descobrir os seus brinquedos. Até o Mickey faz acrobacias para lá caber. E ainda têm outra função. Segundo dizem é bom para os bebés aprenderem a tirar e colocar coisas de caixas. Dizem!





Dia do Pai, chega rápido!

A surpresa que preparámos para o dia do Pai está a ficar linda! (É mesmo surpresa porque de vez em quando o maridão passa aqui pelo recanto e não pode sequer tentar adivinhar o que é.)
Mas posso adiantar que foi feita pelo seu querido filho, Baby Boy Vicente. Literalmente...mas com alguma ajuda, claro! E eu estou muito orgulhosa! Ele ainda não gatinha, ele ainda não come sozinho, ele ainda só tem 2 dentes. Mas o Baby Boy conseguiu fazer a sua própria prenda. Eheheheheheh!
Agora só falta ver o resultado final. E eu estou tão curiosa! Tanto, tanto, tanto.....

13 de março de 2013

Mais uma gracinha

A hora da refeição já não é a mesma. Depois de umas valentes colheradas e quando já estamos a chegar ao fim, o Baby Boy não dispensa umas trincas na colher. Delicio-me com aquele sorriso maroto de quem sabe o que está a fazer! Acho que estamos a chegar à fase de o deixar experimentar a comida com as próprias mãos. Um dia destes plastifico o chão onde está a cadeira da papa e deixo-o continuar a descobrir o mundo.


12 de março de 2013

Gorgeous

Estou a adorar vestir estes calções. Claro que a encomenda chegou ontem e não consegui deixá-los muito tempo na caixa de entrega. São muito práticos e confortáveis.
No próximo fim de semana vão ser a peça-chave para umas festas de aniversário que vou ter, por isso depois mostro com mais calma. Para já, ficam aqui os protagonistas do look de hoje.

Camisola Mango
Blusa Primark
Calções Lanidor

11 de março de 2013

Dark

Ontem, pela primeira vez que me lembre após o nascimento do Baby Boy, tive aquele sentimento depressivo de final de Domingo. Aqueles minutos entre as 18h30 e 21h00 foram bastante entediantes. Há uns belos meses que não sentia um vazio pelo facto do fim de semana estar a acabar. Ainda por cima, o Baby Boy decidiu fazer uma soneca e o pai juntou-se a ele.
Depois de noite foi festa até às 4h00. Será que são mais dentes que estão para chegar? Estas últimas noites foram tão boas e pacíficas que eu ontem nem acreditava que já era a quinta vez que me levantava para lhe colocar a chupeta.
Não sei se foi por tudo isto que hoje acordei sem tempo e pachorra para escolher o que quer que fosse. Fiquei-me entre pretos e cinzas!

Blazer Zara
Camisola H&M
Calças H&M
Colar Primark
Relógio Swatch

8 de março de 2013

Uma delícia em tempo record

Vi esta receita no Blog da Carlota e não descansei enquanto não o materializei. Não passava de hoje. Já tinha os ingredientes comprados e era só meter mãos à obra. E em pouquíssimos minutos já estava ele a repousar no frigorífico.
Numa próxima vez tenho que aprimorar algumas coisas. A decoração foi numa pressinha, pois o Baby Boy precisava de mim no momento (já não aguentava ver o tapete da sala a entrar-lhe pelo nariz).
E já que dão previsões de mau tempo para o fim de semana, que tal aproveitarem para fazer uma sobremesa nova?!


Mulheres

Hoje é o Dia Internacional da Mulher e tive a surpresa de abrir o mail com uma mensagem muito querida do maridão. Frase simples mas que me enche o coração!
Por outro lado, ontem tive a infelicidade de ouvir uma amiga minha dizer que não consegue emprego numa determinada empresa aqui do Norte apenas porque é mulher....e nada mais! Nos tempos que correm é difícil ouvir estas coisas, mas o que é certo é que ainda existem.

E neste dia dedicado às mulheres, eu quero dedicar este dia à minha mãe. A mulher mais incrível que conheço. Que faz tudo para ver os outros felizes. Que sempre trabalhou bastante para poder criar os filhos da melhor maneira. E criou, com todo o amor e mais algum que podia dar. Que ainda nos faz muitos miminhos. Muitos mesmo, como se ainda tivéssemos 10 anos. Que agora com mais tempo livre faz o que pode e o que não pode para apoiar famílias carenciadas. E tem ajudado muitas. E que está toda entusiasmada com o Baby Boy, com quem fica semana sim, semana não. E derrete-se toda. Obrigada mãe!

Homens e mulheres são importantes, mas se há um dia para falar e lembrar delas, que se fale e que se lembre. A todas as mulheres desejo não um dia especial, mas uma vida cheia de momentos especiais e mágicos!

7 de março de 2013

Ser mãe também é...

...rir à gargalhada durante 5 minutos porque o Baby Boy, também ele a rir, acha graça quando eu digo "UPS"!

4 de março de 2013

De calções

Após a gravidez estes calções diminuíram. Mas mesmo assim não os consegui colocar de lado. Hoje não resisti e vesti-os! Cheguei à conclusão que os 2kg que me faltam abater para chegar ao meu peso normal estão precisamente na barriga e nas coxas. Quase 9 meses depois e não consegui chegar à minha meta! Que chatice. E não só...basta comer uns docinhos a mais (como os da festa de ontem) e parece que voltei aos meus 5 meses de gravidez. Esta sombra não me deixa e parece querer ficar. Mas eu não vou deixar. Ai não vou não!
Tenho urgentemente que voltar às corridas. Mas agora a coisa vai intensificar-se. Acabaram-se as corridinhas de 30 minutos. Isto vai lá com percursos que no mínimo sejam de 45 minutos. Vai custar, mas lá vai ter que ser. Como diz uma amiga da área de educação física: "Os abdominais e musculação é para tonificar. Se queres emagrecer...CORRE!"

(E entretanto o meu cabelo quer ganhar contornos ondulados. Que esquisito!)

Camisola Sfera
Blusa Primark
Calções Mango
Botas Parfois

A cebola portuguesa

Constatei há uns dias que o Baby Boy adora a sopa com cebola da nossa (como diz a minha mãe). Ela tinha uma cebola que ficou perdida de muitas outras que comprou a uma senhora que cultiva lá perto de casa dela. A sopa fica mais docinha e o Baby Boy adora! É verdade, também come sopa com cebola estrangeira, mas aquela em especial ele devora muito mais rápido.
Nos supermercados é difícil encontrar. Tudo de Espanha e França. Tenho que tentar em mercearias de comércio tradicional. Se alguém conhecer alguma pelo Porto que me indique que eu ia adorar! E o Baby Boy também.

(Isto depois de ontem eu ter feito uma sopa de peixe que o Baby Boy detestou. Peixe a mais, penso eu!)

O carro que conduzimos torna-nos mais bonitas?

Já achei que sim, quando era adolescente. Depois achei que não, já que todos os carros são apenas carros! Mas hoje estava num semáforo vermelho e reparei que a maioria dos carros que passaram em sentido contrário eram conduzidos por mulheres. Então decidi reparar na cara das personagens que iam em condução. E entre um Audi Q7 e um Seat Ibiza dos antigos, a tipa do Q7 tinha mais estilo. Depois imaginei esta mesma senhora num Seat Ibiza velhinho e acho que já não tinha tanta pinta. Será que um carro giro e moderno nos dá outra "projeção" na estrada?! Se depois a pessoa sai de um topo de gama e está vestida com muito mau gosto, isso já é outra história. Já vi muitos casos destes!
Chego então à conclusão que eu não tenho estilo na cndução, já que o meu bolinhas é muito antigo. Muito mesmo! Mas pelo menos conduzo de forma segura, que no fundo é o mais importante, certo?!