6 de maio de 2013

O fim da festa

Fica sempre um vazio no final de todas as festas. Tantas horas dedicadas aos preparativos para depois passar tudo tão rápido. As coisas todas arranjadinhas para em minutos ficar tudo desarrumado. Uma desarrumação boa, pois é sinal de uma casa com vida.
O batizado do Baby Boy correu bem. Uns percalços pelo meio, mas nada de muito importante. Até o fotógrafo (que não tínhamos!!!) arranjámos à última da hora, minutos antes de começar a cerimónia. Um senhor simpático que estava a fotografar outro batizado acedeu ao pedido de uma mãe desesperada (eu!) porque não ia ficar com fotos profissionais na hora da criança receber a água benta. (Ao meu irmão que tanto se dedicou a tirar fotos de todas as formas e feitios um obrigada especial. Não ficaram profissionais porque a máquina que lhe passei para as mãos quando entramos na igreja também não é profissional).
A casa cheia, o barulho das conversas e dos brinquedos que tocam, o sai e entra para o jardim, o sol a bater na cara e depois........aos convidados vão-se embora e ficamos só os três. O silêncio e a descompressão dos últimos dias faz-nos parar no tempo a brincar com o nosso Baby Boy. Apagam-se as luzes e é hora do repouso merecido.




3 comentários:

  1. Quero aprender a fazer aqueles pompons para o meu aniversário! :)

    ResponderEliminar
  2. Parabéns aos papás supimpões por mais este passo importnte na vida do baby boy! Aguardo as fotos sim?! Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Como fizeram os pompons de seda? É fácil?

    ResponderEliminar