20 de junho de 2013

Froggy

Se o Baby Boy ainda não sabe o que é um sapo, então anda muito distraído. Desde o dia em que o pai  começou a chamá-lo sapinho e eu fui atrás, temos engraçado com algumas coisas ligada a este animal que, na realidade, acho um bocado pegajoso demais. Depois de um body com calças e gorro e de uma máscara (pijama) de carnaval, de um bolo feito pela titá (tia H.) com sapinhos e de sapos de borracha para o banho, chega a nossa casa o sapo que vai fazer companhia ao Kiko Niko durante o dia e ao Baby Boy durante a noite.
Acho que ele não vai muito com bonecos e bonequinhos de peluche, por isso acho que nos ficamos por estes dois!

Almofada verde limão Loja Casa
Almofada mocho Loja Casa
Kiko Niko Imaginarium
Sapo Zara Home
Colcha Zara Home


2 comentários:

  1. Acho-o super fofo! :) E é da maneira que certas e determinadas etnias não se aproximam da tua casa... nem do Baby Boy!Lol Nunca reparaste nos sapos à entrada de montes de lojas?

    ResponderEliminar