24 de setembro de 2013

A consulta dos 15 meses

Lá fomos nós à consulta dos 15 meses. Pais babados que já não precisam de carrinho para ir para todo o lado. Apenas com água, bolachas, fralda, toalhitas e documentação na minha mala chique (pronto, ainda vai muita coisa, mas a logística é outra). Chegámos e o Baby Boy foi brincar e quando nos chamaram fomos todos orgulhosos de mão dada com o nosso filhote. Assim que entrou no consultório e viu o computador fez um sorriso enorme, mal eu sabia que uns minutos a seguir ele ia chorar baba e ranho! O pediatra tratou de nos acalmar para esta situação: "Até aos 3 anos vai ser assim!". Mas no meio de tanta choradeira deu para uma avaliação super positiva.

Altura - 81 cm
Peso - 11,7 kg

Alimentação
Continuar a alimentação saudável e a proibição dos morangos, frutos silvestres e chocolate.

Leite
Ultimamente o Baby Boy bebe pouco leite de manhã e à noite. Quanto a isso o pediatra só disse que entre os produtos lácteos (leite, iogurtes, papas) é necessário ingerir 200ml a 500ml diários.

Desenvolvimento físico-motor
Está ótimo. O pediatra ficou muito contente e o Baby Boy só chorava em direção a mim: "Mamãmamã...".

Higiene dentária
Sempre. Duas vezes ao dia. Sem problema, pois o Baby Boy pede para ir lavar os dentes. E já começa a trincar menos a escova e a fazer o gesto correto.

Audição
Pergunta do pediatra: "Ele ouve bem?". Resposta da mãe: "Ouve muito bem e percebe ainda melhor". Esta criança, como tantas outras, pode não falar coisas que se percebam (porque falar muito, ele fala), mas que percebe tudo o que lhe dizemos, ai isso não tenho dúvidas. Só não percebe o que não lhe apetece, se me faço entender!

Fala
Pois é, ele fala um chinês misturado com um alemão, e diria até que mete um russo à mistura. Mas entre as palavras que são só dele, conseguimos traduzir algumas:
"mamã" (é de mim ou ele já está a dizer com pronúncia do norte)
"papá"
"pópópó" (carro)
"pã" (pão)
"ba" (bolacha)
"bâl"(bola)
"bó" (avó)
"bu" (avô)
"mã" (mola)
E depois tem tantas outras que eu não sei como se escrevem, mas que já percebemos que é quando ele vê futebol, livros, passarinhos e os ímans de várias cidades no frigorífico.

E já que está tudo bem, agora vou tentar dedicar-me a perceber porque é que o Baby Boy tem noites em que fica preguiçoso e não pega na chupeta quando esta lhe cai, porque é que deixou o hábito de adormecer sozinho e como é que posso conseguir voltar a dormir 8h seguidas!

3 comentários:

  1. Está um crescido o baby boy ;)
    a minha também anda com umas noites muito agitadas, espero que seja uma fase

    ResponderEliminar
  2. Está grande o rapaz :)

    ResponderEliminar
  3. Estou tãoo curiosa com a próxima consulta... acho que a minha gordinha não está já assim tão gordinha!! :) O baby boy está enooorme!! :)
    por aqui já se comem morangos...... hum...

    ResponderEliminar