4 de setembro de 2013

Férias em casa

A segunda semana de férias foi passada em casa, na nossa cidade à beira-mar. Os planos eram aproveitar as manhãs de praia, que normalmente no Norte são sempre melhores que as tardes, e o resto do dia descansar, passear ao ar livre e rondar os últimos saldos.
Com o Baby Boy a ficar constipado e com a meteorologia a não ajudar muito, conseguimos uma manhã de praia, uma tarde no parque da cidade, uns passeios de triciclo nas redondezas da nossa casa e pouco mais. 
Ainda tentamos ir ao Jardim Zoológico da Maia, mas o Baby Boy adormecia sempre a caminho. Aproveitamos ainda para descansar sempre que podíamos e ainda conseguimos ir até ao shopping fazer umas compras.
Se eu adoro estar nos "meus" lugares e ver pessoas conhecidas, também já sabia que férias por casa não são sinónimo de rotinas como as da semana no Algarve. Mas apesar de tudo também souberam bem, uns dias só a 3 no nosso bairro (e com um dos tios a juntar-se a nós ao final da tarde).

Depois de uma semana assim meio mortiça, foi vez de ir esperar os avós ao aeroporto. Foi a primeira vez em 14 meses que o Baby Boy ficou sem os ver tanto tempo (15 dias). E assim que os viu, o Baby Boy desata na choradeira e a ainda a "bater-me". Passados 5 minutos ele compreendeu que os avós não tinham fugido para sempre e voltou de novo a querer saltar para o colo deles. Quando se afastavam mais de 1 metro era beicinho outra vez! Mas acho que depois percebeu que desta vez eles já não iam a lado nenhum.

Sem comentários:

Enviar um comentário