2 de dezembro de 2013

Carros e mais carros ♥ O melhor do meu dia

O Baby Boy precisava de aumentar o stock de meias para estes dias frios. Entrámos na H&M e o pack que costumo trazer não tinha o número que queríamos. Mas assim que o Baby Boy viu as meias com os carros e começou "pópó", "pópó", percebi que eram as tais. Ele é louco por carros!
Pagámos e nem foi preciso saca, tal era a urgência de as tirar do pacote. Passou o resto das compras a mostrar e a apontar para todos os carros coloridos.
Quando as calcei, o Baby Boy não quis tirar os olhos dos seus pézinhos.
Mais uma lição de como é fácil fazê-lo feliz.

7 comentários:

  1. Olá querida,
    E por vezes é preciso tão pouco para os fazer felizes, muito menos do que por vezes imaginamos!
    A prova viva de que a felicidade não está nos presentes que queremos dar, mas sim no que realmente os faz feliz!
    Percebi isso a sério,quando o tesouro tinha 3 anos e pediu ao Pai Natal um presente que custava 2,99€ e que naturalmente não lhe oferecemos, achamos "ridículo" comprar-lhe aquilo.Depois de abertos todos os presentes sem encontrar o que tinha escolhido, a desilusão foi grande, mas os pais aprenderam uma grande lição.
    Bjs e boa semana,
    MJ

    ResponderEliminar
  2. Muito giras mesmo!
    Beijinhos
    Tinita

    ResponderEliminar
  3. Eles são fáceis de contentar, nós é que temos tendência para complicar. ;)

    ResponderEliminar
  4. Tão pequeninos e sem dúvida que nos dão umas valentes lições!
    E sim, são muito mais descomplicados que nós :)
    Não nego que ao início achei estas meias uma pirosada (já as tinha visto há uns dias atrás quando fui à loja sozinha). Mas quando percebi que ele adorou, eu também fiquei fã daqueles pópós todos :)

    ResponderEliminar
  5. Realmente aprendemos tanto com eles. Aconteceu-me á pouco uma coisa parecida com uma pantufas da minnie. Andava á procura de umas pantufas à muito, e foi ela que as escolheu, eram as que eu não gostava, mas a verdade é que ela adora usá-las, agora também gosto :)

    ResponderEliminar