11 de fevereiro de 2014

Go go run

Nunca gostei de correr. Nunca foi daquelas coisas que eu quisesse mesmo muito. Mas sempre corri bastante, em moldes diferentes da corrida de competição. Já corri à chuva e a torrar ao sol, de manhã cedo e bem à noitinha. Corri à volta de estádios de futebol, em matas, ao longo da marginal e dentro da cidade. E corria unicamente em duas situações: treinos de equipa (corrida obrigatória e quase sempre um extra do treino) e após o nascimento do Baby Boy (a querer voltar à linha).
Agora com o ginásio e com os treinos por conta própria, a motivação tem que ser ainda maior, a responsabilidade também. Eu corro o que quero e como quero. Isto quer dizer que......correr não é a primeira coisa em que penso quando preparo o saco. Ir sozinha e este mau tempo também não ajudam nada! É aqui que entra o meu próximo objetivo: entrar numa competição de 10km. Defini como data o final de março e até lá, o treino para uma prova à séria é a desculpa para ir ao ginásio. O tapete e, com sorte, dois treinos por semana (sendo um deles 20 minutos antes de uma aula) serão os meus únicos aliados. Tentar não custa e sinto que ando sempre numa correria para conseguir um bocadinho de exercício durante a semana. Sinto que me faz bem e por isso não quero deixar de fazer. Nem sempre é fácil, sobretudo com uma rotina diária mais rígida desde que fui mãe. Mas como em muitas coisas na vida, é preciso lutar e suar para vencer.


Imagens do Pinterest

3 comentários:

  1. Que coragem! Bons treinos!! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Por mim, passo passo passo! Correr? Livra! Sai-me o coração pela boca. :)
    Bjnhs

    ResponderEliminar
  3. Coragem mesmo... não gosto... :(

    ResponderEliminar