6 de novembro de 2014

Este frio, as luzes e o Natal

E de repente arrumo as sandálias e escolho as botas que vou calçar. Aquele tempo de verão que sentimos até finais de outubro soube bem, mas o outono também já fazia falta e estava ansiosa por estrear algumas peças mais quentes. Entrar em casa e sentir o conforto de uma sala aconchegante também é bom e, de manhã, aqueles minutos em que custa a levantar da cama já fazem parte da rotina.
As lojas começam a enfeitar-se com as decorações de Natal. E como eu gosto de olhar para as luzinhas!!! Transmitem-me alegria, tranquilidade, conforto, harmonia. Eu adoro o Natal e por isso não me importo nada de começar a ver o espírito natalício entrar nos nossos dias. Pode parecer cedo, é verdade, mas assim parece que se prolonga por mais semanas.
Este ano apetece-me um comboio debaixo da árvore, uns pijamas ao xadrez, guardanapos com azevinho e a casa a cheirar a doces saídos do forno. Este ano também espero fazer uma recolha de brinquedos com o Baby Boy (acho que ele tem mais carros do que uma loja da Toys'R'Us) e entregá-los numa instituição de solidariedade. Afinal de contas, a partilha e a solidariedade são muito importantes e também fazem parte da magia do Natal. E porque temos uma família e muitos amigos, o Natal é sempre passado com muita alegria, mas quero transmitir ao meu filho muito mais do que isso. Quero que ele perceba que ajudar, partilhar e ser solidário é simples e muito enriquecedor.

Imagens retiradas do Pinterest

Sem comentários:

Enviar um comentário