18 de dezembro de 2014

2 anos e meio....e já não chora

As idas ao pediatra são sempre uma loucura. É preparar os ouvidos e aumentar o volume da paciência para a choradeira habitual. Assim que vê as batas......buahhhhh, começa o nosso desafio. Mas o pediatra já avisou, até aos 3 anos não nos safamos, é normal.
E com esta "música" na cabeça lá fomos nós ter com o "Dr. brinquedos". Pelo caminho o Baby Boy dizia "O dr. tem uma  Ducati no hospital", "Oh mamã, o dr. tem uma mota BMW na garagem de casa, mesmo perto do hospital". Não sei se havia de pensar que esta conversa era bom sinal ou uma forma de começar a esquivar-se à consulta. 
Entrámos no consultório e nem sinal do Baby Boy. Não estava tagarela como costuma ser, mas também não deu um pio. Na hora dos exames normais fez um olhar sério, acenava com a cabeça quando lhe faziam perguntas e agarrava a minha mão. Depois deu os braços ao pediatra para se ir pesar, medir e andar. Deixou ver ouvidos, olhos, garganta, auscultação......PERFEITO!
Nem queríamos acreditar na serenidade daquela consulta. Tirando a tosse, que não é grave mas precisa de um xarope, e da conjuntive, estava tudo 5 estrelas, pelo que saímos com um sorriso de orelha a orelha. 
Para comemorar fomos lanchar o que ele gosta: bolachas húngaro e compal. Em casa ainda teve direito a uma barrinha da kinder e muitos beijinhos.
Depois ficou com febre e deu-nos uma noite má, mas o nosso contentamento pelo comportamento no pediatra era tão grande que (quase) só nos conseguimos lembrar disso.

3 comentários:

  1. Connosco era exactamente o mesmo calvário: choro e mais choro, como se o estivessem a esfolar vivo. Depois, de repente, passou-lhe. Já não sei se foi pelos 3 anos ou se mais cedo. O que é certo é que passou a gostar de ir ao "senhó dôtó". É até ele que pede!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Espero que a próxima consulta seja assim!! :) (sem a parte da tosse e conjuntivite ;))
    bjnsss

    ResponderEliminar