2 de dezembro de 2014

Chega dezembro, chega o Natal

O mês de novembro acabou. Não é um mês que eu goste muito. Por nada em particular, mas parece um mês perdido no calendário (perdoem-me todos aqueles que tenham razões para festejar ocasiões neste mês). Depois da chuva e mais chuva, finalmente vêm aqueles dias frios e solarengos. Os fins de semana são recheados de lanches deliciosos e alguns começam já ao anoitecer. E que bem que sabem!
Depois de vários dias a ver posts de árvores de Natal em tudo que era rede social estava a ficar preocupada. Eu que já fui alvo de risota porque enfeitei a primeira árvore de casada logo no mês de outubro e só a desfiz em fevereiro.....Mas em nossa casa instituiu-se que os enfeites natalícios chegavam em dezembro. Como dia 1 foi segunda-feira, antecipamos para o final de novembro, o último dia, precisamente. As decorações são praticamente as mesmas do ano passado, com o acrescento de mais umas bonecadas. E a grande atracção passou a ser o comboio de Natal, o verdadeiro delírio do mais pequeno. Ele anda, faz uhhhh-uhhhh e ainda toca uma música natalícia, que confesso que depois de poucos minutos já não tem assim tanta piada (valeu a ideia de colocar um pouco de fita-cola no altifalante para baixar o som).
Ainda falta o presépio, algumas decorações que costumo colocar pela casa, sobretudo luzinhas, e os presentes. Todos os anos gosto de escolher um papel de embrulho e fitas giras para ficarem todos parecidos. Ainda tenho que pensar nisso, mas já andei a tirar umas ideias giras.
Agora aos poucos, durante esta semana, vamos colocando o que ainda falta para tudo estar pronto para esta quadra natalícia!




4 comentários:

  1. Adoro o comboio!! Que bonito :)

    ResponderEliminar
  2. Ena, já estás muito mais adiantada que eu. Este ano, só a 20 é vou poder montar a árvore! :(
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. O comboio está top!!!! ADOREI!

    ResponderEliminar
  4. A ideia do comboio é maravilhosa!
    Também acho que o Natal começa em Dezembro ;)
    beijinhos

    ResponderEliminar