8 de janeiro de 2015

Ser mãe também é...

...ouvir a educadora dizer que quando o Baby Boy não vai à escola nota-se logo a diferença. Paz e sossego é o que se respira naquela sala se ele não estiver.
Ele gosta de brincar com os colegas (ou amiguinhos, como gosta de os chamar), inclusive fazer wrestling! Como os tios são mais malucos que ele, fazem dele gato e sapato. Ele acha imensa piada e adora! E como vê nisso uma forma de brincar, toca a fazer com os meninos da sala. Quase todos choram, só um é que lhe dá resposta. No outro dia veio com a marca dos dentes do "amiguinho" ainda resistente.
Em casa estamos sempre a dizer-lhe que não se bate, não se luta. São brincadeiras que só os tios sabem fazer. A educadora já disse para não nos preocuparmos, que é uma fase e que muitos meninos da sala também já passaram por ela!
Eu continuo a alertar e tento não dramatizar muito. Imagino o pensamento daquelas mães cujos filhos chegam a casa a queixar-se do "colega mau"!!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário