27 de abril de 2015

Sobre rodas

Sempre que o tempo permite o Baby Boy sai com o seu veículo para uns passeios. Ao fim de semana há mais disponibilidade e paciência, mas mesmo durante a semana, antes do banho, costumámos dar "uma volta" ao lado de casa, nem que seja 10 minutos. Não é assim tantas vezes como gostaríamos, mas só nos faz bem apanhar um pouco de ar depois de um dia de trabalho. 
A bicicleta que lhe oferecemos pelo Natal já está mais equipada (buzina e luzes que o bubu lhe comprou) e ele começa a ganhar mais destreza no equilíbrio. Isto porque a bicicleta não tem pedais para isso mesmo, prepará-lo para o equilíbrio. Só ainda não o "convencemos" que não pode andar a provocar acidentes com as outras pessoas que andam a passear e até mesmo com outros ciclista (seja em bicicletas pequenas ou grandes), cães, skaters e por aí fora....Ele adora ir atrás das pessoas e chocar contra elas. Já para não falar quando pára, atira-se (lentamente) para o chão e depois começa a arranjar as rodas, porque teve um acidente devido a uma "avaria". E lá anda o pai a correr atrás dele para evitar o máximo de embates possíveis. E eu atrás, a rir-me sozinha dos comentários das pessoas que vão passando por ele. Na maioria das vezes riem-se da cara de mau e os sons (vrmmm, vrrmmmm) que ele faz quando vai a pilotar a sua bicicleta de rally (como lhe chama), outras vezes ficam a olhar porque não percebem a falta dos pedais e até acham graça e ainda há os miúdos que comentam "aquele menino não sabe andar de bicicleta (porque ele vai contra toda a gente, claro!).....mas também aquilo nem tem pedais....". É um fartote de risota!!!
Enfim, se algum dia encontrarem um miúdo assim na rua é provável que seja o meu filho. Peço desculpas desde já!




1 comentário:

  1. Estas bicicletas são óptimas! :) Pena este tempo que não ajuda a mais passeios ao ar livre!

    ResponderEliminar