1 de abril de 2015

Um novo quarto

Finalmente mostro-vos a cama nova do Baby Boy. Depois de muito ponderar, de mudar de ideias muitas vezes, decidimos optar por um modelo ainda de criança. Lá fomos ao IKEA e trouxemos uma cama branquinha, como quase todos os móveis que temos em casa. Para além da cama e colchão, também tivemos que comprar alguma roupa de cama, pois com estas novas medidas não tínhamos nada. A Zara Home foi a loja escolhida e achei que esta capa de edredão básica e reversível (do outro lado é branca) era a ideal, pois as capas de almofada já têm cor e padrão suficiente. O banco que já serviu para nos sentarmos a pintar com o Baby Boy é agora a nova mesinha de cabeceira, onde não faltam carros, claro!!!
E como já devem ter percebido, as paredes continuam imaculadas. Não sei porque me custa tanto furar paredes. O que é certo é que as molduras continuam em cima da cómoda e os livros ainda estão no cesto ao fundo da cama.
A adaptação à nova cama foi pacífica, mas o Baby Boy também não tinha mais opções (tirando a cama dos pais, para onde quer sempre escapar-se). Subimos o colchão da cama de grades onde ele estava e colocámos a grade que antes tínhamos tirado. E assim já temos a cama preparada para a Baby Girl que chega no verão.





1 comentário: