15 de abril de 2015

Uma alimentação mais cuidada

No post anterior referi que andávamos a tentar comer de forma mais cuidada e saudável. Com a obstipação do Baby Boy e a sua (quase) total aversão aos legumes e algumas frutas, experimentar novos sabores tem sido uma luta diária. Apesar da indicação médica em caso SOS (uso de clisteres), vamos tentando resolver o problema com base na alimentação.
Comecei por investigar os alimentos a evitar e aqueles que devemos ingerir mais vezes nestas situações. Muitos deles já são praticamente do senso comum, mas aqui o objetivo é experimentar novas alternativas. E com isso temos vindo a apostar em refeições ainda mais saudáveis. Estamos a introduzir as massas integrais e as sementes no nosso dia a dia. E como em casa é rara a vez em que o Baby Boy come a sopa, tentámos colocar os legumes de outra forma no prato principal e também em sumos. Começámos este processo há pouco mais de uma semana, por isso ainda estamos em fase de experiências e adaptações, bem como à procura dos alimentos que podemos ir substituindo de forma gradual.

Deixo-vos alguns exemplos pessoais:
- Molho de tomate com espinafres. Bem raladinhos passam por orégãos e o sabor fica ótimo.
- Batidos de fruta que o Baby Boy ajuda a fazer, onde também incluo sementes de linhaça.  Quando as crianças entram no processo de preparação das refeições é mais fácil também quererem provar.
- Massa integral. Os preços são bem diferentes, mas se resultar, mais vale deixar o dinheiro no supermercado do que na farmácia.
- Não deixei de dar nestum, mas agora vou alternando com outros pequenos-almoços e, quando faço, coloco sementes de linhaça bem trituradas.
- O consumo de arroz está a ser reduzido.
- As bananas já não aparecem com tanta abundância no cesto da fruta. Apesar de todos adorarmos, pelo menos até o Baby Boy regularizar vai haver pouca quantidade.
- Ao fim de semana, com mais tempo, preparamos sumos de fruta com um ou dois legumes misturados.
- A próxima experiência será com as papas de aveia. Se der resultado será uma excelente opção para o pequeno-almoço.

Não somos de cortar de forma radical com as nossas rotinas, até porque não temos grandes vícios, nem temos hábitos alimentares desadequados e pouco saudáveis. Apenas estamos a tentar melhorar, sobretudo durante a semana. Depois no fim de semana há sempre espaço para um gelado nos dias de calor, um croissant partilhado depois de um passeio de bicicleta ou uma pizza num almoço de amigos. Tudo de forma moderada, mas sem deixar de comer o que gostamos. Para além disso, e como o Baby Boy ainda não pratica nenhum desporto de forma regular, sempre que podemos (mesmo que seja ao final de um dia de trabalho...e depois já sabemos que o banho e o jantar vão ser mais tarde do que o normal) vamos andar de bicicleta com ele e não o deixamos estar parado muito tempo no sofá (só mesmo quando dá muiiiiiiito jeito). É a nossa maneira de viver e o importante é cada um de nós arranjar o seu próprio equilíbrio!

Imagens retiradas do Pinterest

Sem comentários:

Enviar um comentário