22 de abril de 2015

Vai começar a saga das roupinhas

Com a entrada no 3º trimestre de gravidez parece que o tempo começa a acelerar. Os 3 meses que faltam parecem estar longe, mas já sei que vão passar a voar. Como já temos muitas coisas que eram do Baby Boy andamos mais relaxados. Algumas coisas já estão montadas, outras é preciso adaptar outra vez e ainda temos algumas acessórios que emprestámos a amigos e que agora precisamos repescar. E o que parece pouco para fazer, de repente começa a ser um montão de tarefas que  não tem fim. Por esta razão já rascunhei uma lista e agora é colocar mãos à obra para depois não andar em correrias.
Também preciso tomar as rédeas às roupinhas. Já separei e selecionei o que era do Baby Boy e que, em princípio, vai servir perfeitamente para esta Baby Girl. Mas, tirando alguns fofos que posso considerar unisexo, os interiores e os pijamas, ainda há algumas coisas mais de menina que quero comprar. Uma vez que o parto está previsto para meados de Julho, estou com esperanças de fazer a maior parte das compras nos saldos. No entanto, quero tentar tratar das primeiras roupinhas agora para depois não haver muito stress (e porque a paciência também não vai ser a mesma).
Os mercaditos tão na moda são ótimos para ir ver as coleções de marcas que só vendem online, mas não sei se haverá algum para breve, por isso deixo essa pesquisa para peças que não sejam mesmo necessárias. Talvez para acessórios e pormenores que não consiga encontrar noutros locais.
E como para mim, sobretudo com a barriga a aumentar, os shoppings são bastante acessíveis a vários níveis, já andei a fazer algumas pesquisas nas lojas que costumo frequentar. Na época de saldos também gosto de espreitar a Knot, Benetton, Laranjinha, Neck&Neck e Natura Pura, onde os preços são mais elevados e as peças ficam bem mais simpáticas.

Gocco
(apesar da marca ter peças mais caras que outras lojas, sempre adorei os modelos e cores das colecções, pelo que aproveito as imensas promoções que vão fazendo para clientes....valem muiiiiito a pena!)

H&M

Zara

Zippy


Como já referi uma vez (ou talvez mais), neste segundo filho quero caprichar desde o primeiro dia, pois com o Baby Boy só via babygrows à frente e demorei a perceber que os fofos e os fatinhos de malha eram mais que válidos (até porque o babygrow é considerado o pijama dos bebés). E se para menino já encontrava peças super giras, então agora para menina nem se fala. 
Sempre ouvi falar nos cueiros para os primeiros dias de vida, mas nunca lhes achei muita piada. Mas desta vez, não sei bem porquê, acho que poderá ser uma boa opção. Ando a ver alguns e talvez me decida por experimentar.
Alguém usou nos filhos?! As pernas e os pés ficavam sem nada ou tinham meias-calça? Acharam prático?!

Em cima Gocco
Em baixo Knot

3 comentários:

  1. Respostas
    1. E isto é só uma amostrinha......vai ser tão difícil resistir!!!!!!!!!!!!!
      Beijinhos Paula :)

      Eliminar
  2. No verão nada de collants ;)
    beijinhos

    ResponderEliminar