1 de setembro de 2015

Nem sempre é fácil

Um post em tom de desabafo. Nem sempre é fácil ser mãe.
Às vezes olho para as mulheres que não têm filhos e sinto ali uma pontinha de inveja. Começo a relembrar o tempo em que eu não tinha tantos horários a cumprir. Não havia banhos para dar, birras para aturar, crianças para adormecer. Raras eram as vezes em que me levantava durante a noite e não tinha que interromper o jantar umas trinta vezes para colocar a chupeta no bebé. O fim de semana podia ser passado no sofá até ao jantar ou na praia sem estar sempre preocupada com as sombras ou se levo lanche suficiente. As escapadinhas a dois eram marcadas quase na hora, sem me preocupar se os avós estavam disponíveis para tomar conta dos netos. Havia uma liberdade que de um momento para o outro desapareceu e às vezes tenho mesmo saudade de sermos só dois, eu e o meu marido.
E agora que esse tempo já passou penso no que perdi. Mas será que perdi mesmo alguma coisa?! A vida não é melhor nem pior, apenas diferente. Num momento em que tenho tantas coisas boas e só motivos para celebrar, a saudade bate bem forte e parece que sou uma infeliz, o que não é verdade.
E quando penso muitas vezes nestes tempos de mulher sem filhos começo a sentir-me culpada. Mas que raio de mãe sou eu? Tento agarrar-me às coisas boas da maternidade, mas há dias em que nem isso é suficiente. Depois o dia passa e a noite faz desaparecer todos estes pensamentos. Felizmente são sempre pequenos e rápidos.
Acordar e ver um filho sorrir é talvez das coisas mais maravilhosas que já vivi. Parece banal? E é.....é apenas um sorriso, mas que vem carregado de energia e coisas boas. 



12 comentários:

  1. Tenho 2 filhos, também. Compreendo perfeitamente. Quantas vezes penso assim! Sinto-me egoísta, mas deve ser normal..é uma transformação muito grande e eu não tenho avós q fiquem com os netos.. Sei que é uma fase e q mais tarde vamos ter mais liberdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, acho que é mais comum do que julgamos, mas como às vezes não se fala muito nisto achamos sempre que nós é que somos "anormais" :) Estes desabafos também servem para percebermos que não estamos sozinhas nestes pensamentos! Beijinhos

      Eliminar
  2. Também tenho a mesma sensação mas acho que não nos devemos sentir culpadas. Realmente é cansativo, temos se ser mães, mulheres, trabalhadoras, amigas, tudo ao mesmo tempo, e exigem que sejamos tudo isso a 100% e ninguém aguenta. E podemos reclamar...e não quer dizer que gostemos menos dos nossos filhos...no fundo...só estamos exaustas a sermos o melhor que conseguimos ser, em todas as facetas das nossas vidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, temos que ser muitas "personagens" e queremos estar sempre no nosso melhor. Depois o cansaço não é de todo o nosso melhor aliado. Ainda bem que maternidade tem coisas tão boas que compensam o resto :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Mais uma a pensar e sentir o mesmo. Eu amo os meus filhos como é obvio, mas por vezes só me apetece "atirá-los da janela". Por vezes penso, será que fiz uma boa opção em ser mãe? Mas claro que estes pensamento só aparecem quando nos sentimos cansadas exaustas. Ser mãe é maravilhoso mas muito cansativo. Ser mãe não dá para tirar férias, pedir folga etc. Depois de que se é mãe, as férias não existem. Porque embora estejamos fora do local de trabalho não temos sossego nem um dia para fazer-o-que-nos-apetece-sem-ninguém-a-chamar-por-nós-o-dia-inteiro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como se costuma dizer, mãe é uma profissão da qual não dá para nos despedirmos e trabalhamos 24h/24h sete dias por semana :)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. É corajosa a tua confissão. Mas natural! Ser mãe é também isso - e por vezes quase parece que é só isso. Os tempos de maior dependência são os piores.
    Tudo vai melhorar, quando os filhos são saudáveis e não há problemas dos grandes.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes não desabafamos estas coisas para não sermos mal interpretadas, mas depois de o fazer percebemos que não estamos sozinhas neste turbilhão de emoções.
      Beijinhos e espero que esteja tudo bem com vocês :)

      Eliminar
  5. Podia ter escrito isto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) não podemos pintar a maternidade como um mar de rosas, mas sem dúvida que nos traz mais coisas boas que ruins :)
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Eu não tenho filhos mas compreendo as tuas palavras... E assusta-me pensar em como será a vida quando eles vierem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá.
      Há momentos mais cansativos que me deixam mais em baixo, mas basta um sorriso e parece que estou como nova. É incrível como uma mãe tem a capacidade de arranjar energia e força quando um filho precisa de nós :)
      Beijinhos

      Eliminar