26 de fevereiro de 2016

Os 7 meses da Baby Girl

Ando a tentar escrever este post há 15 dias. Mais um bocadinho e já falava dos 8 meses da minha bonequinha.
A Baby Girl está uma fofa (qual mãe babada a falar!!!!). Para já não nos podemos queixar. Em poucas palavras, é uma menina sorridente, "faladora", apaixonada pelo irmão e as suas palhaçadas, muiiiito comilona e tem dado umas noites tranquilas. Desde cedo implantamos rotinas e acho que têm dado resultado. Talvez pela experiência que tivemos com o Vicente, que pelo facto de eu ter continuado a jogar desporto federado não tinha rotinas tão bem definidas, desta vez (e depois de ler algumas coisas sobre o assunto) decidimos fazer as coisas mais planeadas na rotina e no sono. Nada de muito rígido, porque nós também gostamos de alguma flexibilidade, mas pelo menos alguma coisa mais consistente.
Já come sopa, papa, açorda, farinha de pau, carne, peixe, fruta, pão e bolacha maria. Não tarda começa nos iogurtes e nas massas e arroz. Quando damos conta......já passou mais um mês! Só na parte do sentar estava mais verde, mas já se começa a sentar sozinha cada vez por mais tempo. E nestas coisas não podemos olhar, nem comparar para o exemplo do primeiro, porque os bebés e crianças crescem com ritmos diferentes.
Outra questão é a relação entre irmãos, que vai aumentando de dia para dia. A Inês já reage a muito mais coisas e o Vicente aproveita para mostrar os seus dotes de acrobata, palhaço e dinossauro. Ela ri. Ri muito. Os olhos brilham só de o ver. E fica sempre à espera que ele continue. Ele é um amor com ela, sempre pronto a ajudar (e a dizer que ela tem fome quando está a palrar). Chama-lhe pipoquinha desde que ela estava na barriga e parece que ainda vai continuar assim por muito tempo :)
E agora entendo umas palavras que ouvi há uns anos atrás, de uma mãe que dizia que com o nascimento do segundo filho o amor não se divide, mas multiplica-se Y


1 comentário: