6 de setembro de 2016

Quando perdemos alguém

Há pouco tempo perdi uma pessoa que me era muito querida. Fez sempre parte da minha vida e ensinou-me muita coisa. Quando adoeceu seriamente, todos à sua volta começaram a preparar-se para o pior......mas quando aconteceu custou muito. E quando essa pessoa que parte só nos deixa boas (e muiiiitas!) recordações, o sentimento de tristeza parece ainda maior. Que saudades!!!
Apesar de me sentir muito triste e de ter constantemente momentos de nostalgia, também sinto muita paz interior. Não sei se tem alguma relação direta, mas o fato de ter dito sempre a essa pessoa o quanto gostava dela, fez-me sentir que não deixei nada por dizer. Há uns anos atrás trocámos uns postais pelos nossos aniversários onde escrevíamos sobre a admiração uma pela outra e sempre que conversávamos falávamos abertamente de muitos assuntos.
Era isto que gostava de partilhar com vocês. Nunca esperem pelo momento certo para dizer que gostam de alguém, para dar um abraço, para dizer uma palavra carinhosa. Seja a filhos, a namorados/namoradas, a maridos/mulheres, a amigos, aos pais, aos avós, aos vizinhos, aos colegas de trabalhos......a todos aqueles de quem gostarem. Todos os segundos da nossa vida são o momento certo!

1 comentário: