16 de janeiro de 2017

Ser mãe também é...

...passar uma noite quase em branco com o filho a vomitar e querer ficar com ele em casa a dar-lhe muitos miminhos. Mas, na realidade, ele foi para a escola, eu fui trabalhar. Ele até foi bem disposto para quem dormiu mal (mas se pudesse não ir.....agradecia). Eu fiquei com dores de cabeça e constantemente a pensar se ele estaria bem. 
Ser mãe é muito mais que levá-los ao parque e ficar orgulhosa pelos filhos maravilhosos que tem, é muito mais que ficar a admirá-los.
Ser mãe é uma forma de estar, de ser e de sentir!

ADENDA: à hora de almoço deste dia, fui buscar o miúdo à escola e tem estado em casa. Nada de grave, talvez uma virose que até nem se manifestou de forma intensa. Mas os mimos das avós e dos papás têm ajudado, e muito, na recuperação :)

4 comentários:

  1. As melhoras do pequeno. Ser mãe é ficar doente só de vê-los doente! Custa tanto.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Como compreendo, na semana passada a minha também ficou doente, tive que recorrer às urgências e a médica acabou por passar-me baixa para ficar com ela. Mesmo assim a meio da semana ainda a fui colocar uma manhã na creche para ir a correr ao trabalho resolver assuntos que já tinha agendado, sempre com o coração na mão a pensar nela... Ser mãe é muita coisa...

    ResponderEliminar
  3. As melhoras ao pequeno e força para a mamã

    ResponderEliminar
  4. Acho que só quem é mãe realmente entende isso. Ainda não sou, mas espero conseguir encontrar um equilibrio e não ficar constantemente preocupada.

    ~*Viver a Viajar*~

    ResponderEliminar