1 de agosto de 2017

Poupado, Saudável ou apenas...Criança?

Para as férias de verão do Vicente, tenho tentado proporcionar-lhe novas experiências. Não tem sido fácil (mas isto é tema para outro post), pelo que tem passado a maior parte do tempo com os avós. Mesmo saindo para passear, passa muito tempo em casa. Quando vi uma estufa de morangos achei que era uma forma diferente de passar tantas horas em casa. 
Ele achou logo piada. Está sempre a pedir-me para fazermos uma horta em casa (e eu acho uma excelente ideia, também já pensei nisso imensas vezes, mas ainda não coloquei mãos à obra). Desta vez o entusiasmo foi tanto que me disse muito rapidamente:
"Podemos plantar tomates, cenouras........e batatas. Assim não precisamos de comprar batatas. Podemos semear tudo o que precisamos para comer e depois já não precisamos mais ir ao supermercado. Não era fixe?! Pegamos num ancinho, alisamos a terra, fazemos um buraquinho, colocamos a semente, alisamos a terra, regamos e as coisas nascem. Que fixe, não achas?!"
Eu disse logo que sim, que era uma ótima ideia. Prometi estudar o caso para começarmos, aos pouquinhos, a semear legumes e ervas aromáticas no nosso jardim.
E o Vicente continuou:
"Mãe, se não formos ao supermercado comprar as coisas que plantarmos em casa, já não gastamos dinheiro em comida."
E eu pensei em como o meu filho tem uma visão tão boa do seu planeta, tão sustentável!!!!
Mas o Vicente continuou:
"Mãe, tu já viste que fixe?! Não gastamos dinheiro em comida.......e assim vamos ter muiiiiito dinheiro para comprar brinquedos......!!!!!!"
Ahahahahaha, esperto, o miúdo. Isto porque sempre que ele pede brinquedos, eu digo que primeiro temos que comprar a comida e pagar as contas da casa....e só depois, se sobrar (eu digo-lhe quase sempre que nunca sobra...eheheheh), é que podemos comprar um brinquedo...e dos baratos!!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário