17 de julho de 2018

Os aniversários dos miúdos

Realmente o tempo passa, vamos dando prioridade ao que é importante e este blog vai ficando aqui meio esquecido, meio em stand-by. Gosto muito de escrever, mas nem sempre tenho tempo. Entretanto, desde a última vez que escrevi, os miúdos já fizeram anos.

O Vicente fez 6 anos. Está a ficar crescido. Já vai para o 1º ano. Começa a ser cada vez mais independente. E neste aspecto, já podia ser há mais tempo, mas aqui a mãe anda sempre a correr e para não atrasar a rotina lá o ajuda a vestir ou despir. No banho já faz tudo sozinho e só verifico se está bem limpo. Não gosta de cuecas nem boxers justos. Felizmente encontrei na Zara uns boxers em popelina (e 100% algodão) que, segundo o Vicente, o fazem sentir "mais livre" (ahahahah). Está a adorar jogar futebol e já começa a imitar alguns jogadores. Adora comer. Seja peixe com batata cozida, como massa com bife de perú grelhado. Depois há sempre aqueles estragos em que os avós são peritos. Temos que abrandar o ritmo, ou o miúdo nem em roupa de 9 anos vai caber. É que já lhe estou a comprar 7-8 anos!!!!!!!!!!!! É um irmão super carinhoso. Mesmo contrariado é capaz de emprestar à irmã o brinquedo que tem na mão. Só para ela não reclamar/chorar. Adora legos e dinossauros. Às vezes é teimoso. Continua com a sua veia criativa ao mais alto nível.

A Inês fez 3 anos. A princesinha da casa. A sua paixão é a dança. Agora também gosta de ter as suas "bebés" e tratar delas. Nos momentos em que amua não prescinde de ficar agarrada ao seu panda. Acha que a chorar vai conseguir tudo o que quer. Não tem resultado muitas vezes!!!!!!! Tem um ar super engraçado quando está virada para o teatro. Adora beijos e abraços. Ainda usa chupeta. O desfralde noturno ainda não foi feito e eu percebi que as crianças têm o seu ritmo e não são mais ou menos desenvolvidas por deixarem algumas coisas (supostamente) mais tarde. Com a Inês é tudo um drama, por isso as coisas vão indo a passo lento, mas vão no bom caminho. Segundo as auxiliares, é das meninas mais bem comportadas da escola. No entanto, quando a vou buscar, chegamos ao carro e é capaz de fazer uma birra enorme porque não se quer sentar na cadeira dela e sim na do irmão. Já teve varicela. E foi forte. Muito forte. Perdeu as duas semanas de praia com a escola, mas a parte chata das pintinhas já está a desaparecer. Tanto está a reclamar com o irmão como o está a abraçar.



Sem comentários:

Enviar um comentário